domingo, 3 de janeiro de 2016

Reverter o ponteiro da balança

Não é que tenha abusado muito, aliás, em festas sou daquelas pessoas que praticamente não come...mas entre o "praticamente não comer" e não comer de todo, vai uma distância e este mês, com tanta comemoração (aniversário, jantares e almoços de Natal, o Natal e o Fim de Ano propriamente ditos) obviamente tratei de não seguir à risca o regime que tinha imposto a mim mesma.

Por isso hoje começo oficialmente a desintoxicar e a começar a contagem contra os refrigerantes e doces supérfluos. Vou começar a fazer suminhos com folhas de couve que parece ser o que está a dar.

Planos de monta para o futuro, guardo-os para mim, embora cada vez mais tenha a certeza que os planos saem sempre furados e então, se falamos muito deles, não sei se é mau olhado ou lá o quê, mas teimam em não se concretizar.

Assim sendo, mais vale falar do que se vai conseguindo. Tracei um objectivo pessoal para este ano, entre outros, daqueles que não dependem inteiramente de mim, mas aos quais posso dar um grande input. Comecei a tratar dele exactamente no dia em que fiz 38 anos e a primeira etapa foi concluída com sucesso.
Não podia estar mais satisfeita comigo mesma. Veremos se o próximo objectivo é concluído com a mesma facilidade.

Sem comentários: