segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

E uma infinidade de dias depois

O sol voltou a brilhar em Lisboa.

2 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Caladinha, não vá o sol assustar-se e fugir outra vez!

Brown Eyes disse...

Faço-lhe já uma Ode - para que ele, mesmo que se esconda, nos brinde com o seu brilho ;)