domingo, 10 de janeiro de 2016

Ainda há Heróis...mas são poucos

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Desporto/Interior.aspx?content_id=4972896

Pode recusar o epíteto de herói, mas que o foi...lá isso foi.
Porque o ser humano da actualidade, nem sequer sabe o que é o respeito pelos outros. E como os que sabem, são raros, eu chamo-lhes verdadeiros heróis.

Que diria o Paulo Gonçalves se conhecesse o meu caso, em que fui deixada à minha sorte grávida de quase 8 meses, porque o pai da minha filha decidiu arranjar uma ordinária qualquer e próximo do parto ainda teve coragem de me mandar uma sms que ainda hoje guardo com o seguinte texto "se precisares de boleia para a maternidade avisa!".


Sem comentários: