sexta-feira, 15 de junho de 2012

E disse-me H. agora:

"És muito Nietzschiana"

E respondi-lhe eu:

"Completamente" (seja isso bom ou mau)

E H. rebate:

"Devias ser mais Heideggeriana"

E penso eu:

...talvez!

Digamos que o Heidegger tinha uma noção menos paradoxal de Tempo e Nietzche fosse um pouco mais obscuro e aí estou eu....na sombra, no enigma e na obscuridade e "pior" do que isso, na busca de explicações para o porquê da existência da obscuridade.

Sem comentários: