sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Recado na caderneta - uma facada no meu coração de mãe

Eu sabia que o início não ia ser fácil; sei quem tenho em casa, sei que é uma miúda muito contestatária e que tem bastante resistência às regras e ao facto das mesmas existirem.

Também sei que com as pessoas com quem faz mais cerimónia se porta bem melhor do que comigo, mas mesmo assim vai tardar algum tempo até atingirmos a perfeição.

E o inevitável aconteceu, recado na bela da caderneta - a menina chega constantemente atrasada após os intervalos porque vai para a casa de banho e fica lá a brincar.

Como é que isto não me é nada estranho, se eu passo o tempo em que estamos em casa a arrastá-la da casa de banho para fora!? Nunca tinha visto uma criatura com uma panca tão grande com a casa de banho como a minha filha - ora gasta água, ora põe-se ao espelho, ora se põe a experimentar os meus perfumes, dá banho às bonecas, pinta-lhes a cara, etc.

Já me zanguei, já a castiguei, já a fechei lá dentro por 5 minutos e pelo que vejo a situação não melhora; mas desta gota d'água de se ficar também na casa de banho da escola eu não esperava.

Lá lhe li o responso, zanguei-me muito a sério, espero honestamente não receber mais nenhuma advertência deste tipo.

Educar um ser humano é de facto muito mais difícil e doloroso do que o parir!

Sem comentários: