sábado, 28 de maio de 2016

Ida ao supermercado a duas!

Quem me conhece sabe que é absolutamente raro desfrutar  da companhia da minha filha numa ida ao hipermercado.

É algo para o qual não tenho mesmo qualquer vocação, começando pelo facto de que não faço qualquer questão em lá ir, cansa-me, chateia-me e opto até na maior parte das vezes para fazer as compras online e pedir para virem entregar a casa.

Mas como ultimamente ando a tentar...sim, a tentar levar uma vida relativamente mais saudável, em que andar mais a pé está no tópico mais acima do objectivo, obrigo-me a ir às compras, percorrer corredores de prateleiras, escolher e até descobrir ingredientes que não sabia existirem, pelo menos daquele modo.

Procuro dispensar algum do meu tempo para isso, se bem que depois carregar tudo para o meu 3º andar é penoso, mas não deixa também de contar como exercício.

Pois bem, a Lady Bébécas Tinkerbell andava há que tempos a chatear para ir ao Mac, e eu a escapulir-me, mas lá cedi...fomos almoçar as duas, curiosamente já me custa beber um copásio inteiro de Coca-Cola, pelo que uma parte foi para o lixo; depois fui literalmente armar-me em dondoca, parei nas minhas lojas de perdição, desgracei-me, mas não na totalidade. E lá viemos nós ao hipermercado.
Não posso dizer que tenha corrido mal, não saiu de ao pé de mim, manteve-se relativamente sossegada, talvez na real expectativa de trazer a revista da Disney; já tinha escolhido 2 DVD's na Fnac, mas tudo bem, digamos que estamos na Semana da Criança e as crianças merecem tudo.

O facto é que por norma a primeira grande tranche das compras do mês, aquela em que reponho stocks de detergentes, aditivos, produtos de hogiene, etc.,  me leva um montante mais ou menos constante, e hoje, acreditando piamente que se deve à companhia residual infantil, me ficou em mais meia centena de € do que é costume.

Resumindo, hipermercado + crianças = ERRO.

Sem comentários: