quarta-feira, 30 de março de 2016

As notícias às vezes irritam-me

Ontem à noite, um grande sururu porque havia um tiroteio nu, bairro de Lisboa e, consequentemente tinha morrido uma mulher.

Hoje, acerca do mesmo tiroteio, afinal a mulher está viva - pergunto, nas proximidades da semana Pascal, a dita senhora ressuscitou, ou de facto nunca morreu (ainda)?

Sem comentários: