quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Balanço

No final do ano passado desejava aqui um bom ano de 2014 para quem o merecia, diria que talvez a família deste lado crescesse...pedi um ano que, a ser pior, fosse "igual" ao ano passado.

Lembro-me que o mês de Janeiro foi terrível, a começar logo com uma pneumonia para mim e outra para a minha filha e uma otite, a minha irmã também não começou bem o ano...enfim, o costume; mas porque é que nós não estamos no hemisfério sul!?

Enfim, fora isso, mais do mesmo; sucintamente o que mais me pesou foi a carga fiscal e achar que este governo está uma desgraça e a desgraçar os cidadãos.

De resto vai ser um ano combativo e espero que a justiça não falhe, a todos os níveis.

Sem comentários: