quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Mulher esfaqueou o seu cão que lhe matou filha de 4 anos - Globo - DN

Mulher esfaqueou o seu cão que lhe matou filha de 4 anos - Globo - DN

Se de facto o fez para proteger a filha foi uma acção instintiva e creio que não deva ser criticada; e mesmo que tenha sido depois, lá vem o instinto novamente. Se algum perigo se impõe aos nossos filhos, uma pessoa cega, sem dúvida.

Agora também é importante saber em que circunstâncias se adoptam os animais, como é feita a integração deles no novo contexto familiar, pois, para todos os efeitos, o animal tão pouco tem culpa - enfim, foi uma desgraça.

Sem comentários: