sexta-feira, 4 de setembro de 2009

A Tristeza de uma Criança

Ontem em conversa com um grande amigo, fiquei sem palavras, chocada e muito comovida com algo que me confidenciou, e ainda hoje, reflectindo acerca da situação em causa, tenho uma sensação horrível.

Não podendo contar muitos pormenores por razões óbvias, o cerne da questão prende-se com o seguinte: uma criança pequena de raça negra foi adoptada por um casal de raça branca. Algum tempo depois o casal resolve "devolver" a criança à procedência, invocando situações financeiras para tal acto.

A criança vira-se para uma pessoa (que no caso foi o meu amigo) e diz sensivelmente o seguinte: "Se eu fôr para dentro do frigorífico e ficar branco, será que eles já vão gostar de mim?"

Que injusta a espécie humana. Como é que estas pessoas são capazes de uma atrocidade destas face a uma criança?

Trata-se de uma Criança, não de uma peça de roupa que afinal depois de experimentada já não nos agrada.

É um cliché, mas de facto quanto mais conheço as pessoas, mais gosto dos animais, esses pelo menos sendo desprovidos da faculdade de pensar, por puro instinto sabem ser leais, não "devolvem" os seus donos, não preferem actividades menos ortodoxas nem fazem por preterir a companhia de quem deles cuida e quem os alimenta.

Sem mais comentários...

1 comentário:

Unknown disse...

Não tenho palavras cairam-me as lagrimas quando a minha mãe leu não quis acreditar que isto tenha acontecedo ela disse como podem fazer isso a uma criança estou a escrever e doi-me o coração pelo que li essas pessoas não são pessoas mas não lhes vou charmar de animais pois os animais valem mais quem essas pessoas tens razão ele não vale nada á alguem muito especial para mim quanto menos eu esperar.

beijinhos