terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Será que em vez de ir o meu gato ao veterinário...

...deveria ir eu?

Não sei se foi algum recado, alguma indirecta, mas recebi de uma amiga minha o mail que passo a citar:

"Aquele que ao longo do dia é activo como uma abelha, forte como um touro, trabalha que nem um cavalo e que ao fim da tarde se sente cansado que nem um cão, deveria consultar um veterinário porque é também possível que seja burro"

É um facto que os esforçados, os competentes, os que trabalham...estão em minoria. Então será que os restantes têm de facto um problema grave?

Onde eu pensava estar uma virtude, estará um defeito?

Oh céus! O encosto à sombra da bananeira é que está a dar!

1 comentário:

Unknown disse...

Acredita que é mesmo assim!!!
cada vez mais o que conta é o deixa andar... mas também quando os próprios chefes ligam mais aos lambe-botas (para não chamar pior), do que a quem verdadeiramente trabalha, toda a vontade foge...
Beijo