terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Ode à loucura...ou tive finalmente coragem para...

Há mais de 20 anos que dizia para mim que um dia haveria de ler o Mein Kampf. A verdade é que é preciso ter estofo e presença de espirito para gastar dinheiro nisto e lê-lo, mas não só nunca gostei de coisas fáceis como também tenho uma sede de conhecimento ávida. Não podemos conhecer apenas o belo, já que o horrível também faz parte da História. Acredito piamente no muito que se tem escrito sobre esta “obra” mas uma das coisas que há décadas conservava na minha to do list nesta vida era lê-lo. Absorver trecho sobre trecho onde chegou a loucura daquela criatura, que quer queiramos quer não, mudou o rumo das nossas vidas.
Tenho a noção que me vai revolver as entranhas, incomodar, enervar, bradar aos céus várias vezes, querer atirá-lo para a lareira e vê-lo a arder, como se visse o próprio a arder no inferno figurado, mas também sei que esperei muitos anos por isto e finalmente me sinto com maturidade suficiente para me fazer acompanhar por ele pelos próximos dias.
Terei posteriormente a minha opinião acerca de tão nefasta escritura.


Sem comentários: