segunda-feira, 15 de agosto de 2016

O crescimento é salutar

E tudo isto faz parte da vida, sobretudo da evolução dela, da minha filha; creio que todos os pais/mães que se prezem enquanto tal, os bons pais/mães, passam pelo que estou a passar, com outras justificações calculo, cada um de nós tem as suas.

Mas passei momentos emocionalmente maus, o meu início nas lides da maternidade não foi fácil, embora tenha sido agraciada por uma filha fantástica, tudo isto, os momentos maus e os bons, passaram rápido demais. E ela, a minha bebé, vai para a escola, e eu começo a ver nas prateleiras e escaparates as mochilas, cadernos, livros, vejo-a expectante e feliz com a perspectiva de ir para uma nova escola, aprender a ler a sério e a escrever e a Matemática de que ela tanto fala...e sentir na minha pele que estes 6 anos apesar de tudo passaram mesmo assim, a correr.

A pequena, continua pequena, continua a ser a minha bebé....mas está a crescer e transformou-se numa grande companheira, mas deixa-me tantas saudades pensar naquela bebé de 4.190kg que puseram sobre o meu ventre há pouco mais de 6 anos atrás.

Quando os nossos pais nos diziam que isto passava a correr não acreditávamos, demorava tanto para chegar o Natal, as férias, o próximo aniversário...e agora dou-lhes razão, trata-se de um pestanejar.

Sem comentários: