domingo, 26 de junho de 2016

Marco viveu com a orelha esquerda no braço durante dois meses

Mais um motivo de orgulho para a nossa Medicina; continuem a deixar os mais válidos ir embora deste país...esperemos que exemplos destes tenham a devida projecção e dêem que pensar no que somos capazes de fazer no nosso país.
Marco viveu com a orelha esquerda no braço durante dois meses: Cirurgia pioneira a nível mundial, realizada no Hospital de S. João, Porto, permitiu devolver orelha esfacelada num acidente de viação a jovem de Arouca.

Sem comentários: