segunda-feira, 13 de junho de 2016

Cheguei àquela fase em que parto unhas sem razão aparente, numa zona em que até dói só de pensar; mas que treta, já vou na segunda.

Sem comentários: