sexta-feira, 13 de março de 2015

A minha filha antes de ir dormir

"Mamã, deixa-me vê-le uma coisa na NOSSA táblete"

 - Na nossa quê?? - retorqui eu.

"Na NOSSA táblete"

Ok, não me centrei no sentimento de posse e de partilha da minha filha, porque fiquei com uma enorme vontade de rir, mas aos 4 anos já tem bem presente a prática de que "o que é dela, é dela, o que é meu, é NOSSO".

Mas lá lhe expliquei que tablete é uma barra, por exemplo uma tablete de chocolate, e Tablet era o que ela queria desconfigurar, perdão, analisar!

Ou seja, um Tablet, ou uma tablete de chocolate, não uma Tablet.

Ficou a olhar para mim muito atenta.

Sem comentários: