segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Disse-me um amigo que acabou de ser pai:

"(...) Infelizmente é tudo muito cansativo e o bebé é impedioso e implacável e de 2 em 2 horas ...enfim....espero que mais tarde venha a ser gratificante, porque actualmente não acho isto muito agradável, é extenuante."

É incrível como seres humanos tão pequeninos e tão frágeis nos fazem chegar à exaustão.

Os primeiros tempos são de facto difíceis, complicados e o casal deve estar em sintonia, caso contrário gera-se a anarquia. O ser pequeno é de facto impiedoso mas a nós é pedido o amor e a entrega máximos, mesmo com noites e noites sem descanso...mas compensa olhar para o nosso bébé é amá-lo(a) incondicionalmente.

Feliz ou infelizmente...devo ser mesmo uma grande mulher...pois o embate caiu todo sobre as minhas costas...e sou de facto uma grande Mãe...está à vista!

Sem comentários: