domingo, 9 de janeiro de 2011

Denunciar um Criminoso

Para além de muito mais, considero que é um dever cívico denunciar um criminoso; e se até aqui o filme "Dormindo com o Inimigo" era algo só de cinema, já há uns tempos que sei que de facto a ficção se confunde muitas vezes com a realidade e chega a ser bem pior.

E o que é que uma pessoa honesta fará com informações que poderão colocar um criminoso em maus lençóis?

Atenuantes não existem, arrependimento muito menos e vão-se cometendo crimes, delitos, burlas e autênticas atrocidades contra outros seres humanos.

Uma pessoa que roubou em parques de estacionamento utilizando o seu emprego como segurança, uma pessoa que cometeu burlas que implicaram muitos tostões e deixaram pessoas sem poder gozar as suas férias condignamente e que mesmo assim tenta escapar à justiça, pois usufruiu dos tostões mas foi astuto o suficiente para implicar outros na trama, bate em mulheres (grávidas e não só), consome drogas e vive à margem da lei em certos quadrantes da vida em sociedade...e pode ter ocasionado a morte ou ferimentos muito graves a um mendigo....merecerá uma pessoa destas ficar impune e continuar a cultivar o mal e sobretudo jogar com os sentimentos de mães e filhos?

Concordo que numa situação destas há que denunciar um criminoso desta índole e colocá-lo no seu devido lugar.

Sem comentários: