sábado, 19 de junho de 2010

Ao pensar nela

E na relação que quero ter com ela, de grande companheira, amiga qb, nalguns aspectos um modelo a seguir, noutros uma forma de não cometer as mesmas falhas...mas que quero ser sobretudo a Mãe dela.

E a Mãe é tudo e quero ser tudo para ela, quero ser tudo com ela, quero fazer tudo por ela e estou disposta a tudo pela felicidade dela.

Porque um dia, ocorra ele em breve ou não, vai ser ela a prova inquestionável de que eu vivi e existi. Será ela o meu legado e espero e desejo com muita força que consiga alcançar as estrelas e que consiga ser, apesar das dificuldades que já a esperam, muito, mas muito feliz, realizada enquanto ser humano e que saiba saber valer-se dos valores que eu, a família mais chegada e os verdadeiros amigos lhe vamos transmitir desde o início.

Estamos todos ansiosos pela sua chegada, comovidos com o significado que ela já tem na nossa vida...lamentamos que haja uma parte respeitante a ela que se tenha desmembrado, mas o Amor que já está a receber é em dobro àquilo que se calhar seria se determinadas coisas não tivessem ocorrido.

A família que parecia pequena, afinal é grande grande e estamos todos muito felizes por poder vir a privar com ela todos os dias e assistir pacientemente às suas de início pequenas conquistas, mas que serão sempre muito celebradas...porque ela de facto merece o melhor.

E porque tu estás a chegar aqui vai uma homenagem da mamã ao que tu já significas para mim.
Obrigada pelos teus "pontapés" na altura certa que me fazem acordar para a vida, obrigada pela forma como já comunicas comigo e ao que parece estás a gostar tanto que faz com que te mantenhas aí mesmo até ao limite; é importante para mim saber que te sentes bem no teu casulo.

Adoro-te filhota

1 comentário:

Anita! disse...

Brown Eyes,

Cheguei ao teu blog e deparei-me com uma mulher de uma força extrema.

Ganhei um Ídolo. Perante a adversidade tão grande que te aconteceu tu manténs esse espírito e aproveitas todo o amor que te dão!

um beijo