sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Antes de inadvertida e inocentemente fazer asneira

Antes de, por motivos profissionais ter que me dirigir directamente a uma dada pessoa que dista neste momento de mim uns 5 metros, tive qie disfarçadamente questionar outra acerca do género da dita pessoa.

Olhando para a esquerda pareceu-me que tinha fortes possibilidades de ser uma senhora, mas olhando para a direita já me parecia um senhor, ainda me posicionei estrategicamente a tentar adivinhar se tinha alguma protuberência no peito, mas também não consegui concluir se tinha ou não...

Na dúvida, mais vale perguntar a quem pode saber um pouco mais do que nós, porque não estamos aqui para magoar ninguém.

Sem comentários: