terça-feira, 1 de abril de 2008

Dia das Mentiras ou Dia dos Tolos?

Mais vulgarmente conhecido como o Dia das Mentiras, há quem chame ao dia 1º de Abril o dia dos Tolos.

Será por acaso, será porque quem cai nas mentiras são apenas os tolos? De médico, de louco e de tolo...todos teremos um pouco? Vá-se lá saber.

Segundo muitos a origem do Dia das Mentiras remontará ao séc. XVI, à sociedade francesa, altura essa em que o início do novo ano se comemorava no dia 25 de Março aquando da chegada da Primavera e se estenderia até ao 1º de Abril. Com a adopção do Calendário Gregoriano e tendo-se estipulado o início do ano em 1 de Janeiro, alguns resistentes lá não terão gostado muito da mudança e por teimosia lá insistiram na ideia do ano novo só fazer sentido a 1 de Abril e aí se deu o advento da ridicularização pública de tais personagens...brincadeira que com as devidas nuances dura até hoje.

E eu que sou sempre tão céptica no que toca a estas brincadeiras e me convenço sempre que não caio em nenhuma partidinha, acabo sempre por me deixar levar por uma graçola engendrada com maior ou menor requinte.

O mérito será da mentira ou da minha tolice?

Desejo por isso um feliz dia a todos os tolos...não se sintam sozinhos, também eu já sorri com a partida que me pregaram.

2 comentários:

Anónimo disse...

Aí está uma informação interessante! Já aprendi bastante contigo!

Psiquiatra Angustiado disse...

Escrevi a esse propósito no meu modesto caderno de apontamentos, e devo dizer que prefiro chamar-se o Dia dos Tolos. De quem é feito tolo, e de quem se faz de tolo.