Avançar para o conteúdo principal

Ainda estamos na Era Dourada

 Ontem ao final do dia estava eu a tentar relaxar um pouco no sofá. Ando um pouco sorumbática nos últimos tempos pelo que, com todos os cuidados para não me distrair dos meus pensamentos mais sombrios, a minha pequena princesa aproximou-se de mim, agarrou-se ao meu pescoço com uma meiguice como ainda não tinha sentido e disse-me:

"Mamã, amo-te tanto, mas tanto. Amo-te para sempre, sabes!?"

E eu fiquei ali embevecida, comovida e grata por ter tido esta filha tão querida e amorosa que, mesmo nos seus momentos mais loucos, continua a ser um "pote de mel".

Daqui a 2/3 anos vai dizer que me odeia, eu sei. Mas será só da boca para fora naquelas crises de adolescência que nos esperam. Até lá vou aproveitar ao máximo este El Dorado - não é todos os dias que recebemos este tipo de declaração de amor honesta e sincera.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já começo a sentir o cheiro a férias...

Embora esteja a braços com uma bela gripe de Verão; antes agora, do que daqui a uns dias.

E ela a dar-lhe

"Mãe, aquilo é uma cobra cabelo"....e eu comecei a imaginar como seria cómico se existisse uma cobra cabeluda!

Quando me levam a miúda e só para me chatear partilham a prova do crime

 A vingança serve-se em bom. Aguardem-me, pestes!