Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2014

Já mandei vir uma destas....brutal!

A minha filha tem piada

Disse-lhe para se despachar pois temos uma série de coisas para fazer e que depois iríamos a casa da prima, a que tem uma paciência de Jó para a aturar, a nossa priminha Sara. Pergunta da minha filha:  - Mamã, vou levale o fato de banho pala ile pala a piscina dela, tábem??? Lá lhe expliquei que estamos no Inverno, está muito frio  não pode ir para a piscina.  - Mas mamã, quando vamos pala lá a água tá quente!!!  - Sim, no Verão filhota, agora a água está gelada.  - Vamos na mesma mamã, assim blincamos no gelo! Está feito, encontra sempre solução.

E a pose da praxe com a Olívia Palito e o Brutus :)

E hoje foi dia de ir ao teatro

A Bébécas mais uma vez delirou, desta vez fomos ver o Popeye; valeu a pena e as nossas crianças deliram com estes mimos.

Drama Queen refinada

Não há epíteto que lhe assente melhor do que Little Drama Queen e, com o passar das semanas (nesta fase a contagem mais lógica é a semanal) vai refinando a característica. Tem dias em que se torna demais, sobretudo quando a loucura do dia-a-dia me cansou mais, mas, por norma, é de uma graça, que só visto. Hoje dirigi-me com ela a um local em que estão alguns dos melhores companheiros de brincadeiras dela e que há umas 3 semanas não frequentávamos; chegou toda entusiasmada e, amigos, nem vê-los. Calou-se, suspirou, quase chorou e face à nossa pergunta do por que motivo estava assim, desiludida, respondeu, após mais um suspiro e com uma expressão de pura arte dramática:  - Não quero falar! Numa fracção de tempo, os amigos começaram a chegar e a expressão facial passou a uma alegria imensa...mas ainda cá estou com o "não quero falar!"

Não podia deixar acabar o ano sem a fotografia mágica

Até já o Goucha tirou uma Selfie com esta jóia, já eu me partia a rir com ela há anos...e não constava no meu arquivo!? Shame on me, estou a estranhar-me a mim própria, eu, membro do Conselho de Administração do pessoal que anda à caça de cromos, aqui e além fronteiras.... Ok, a minha teoria face à pessoa que detém a propriedade destas jóias é sinistra...mas, que tem a sua graça, tem!

Da Mamã para a Bébécas...

A criança ficou encantada com a viola....primeiro estranhou não ter vindo uma viola da Violetta (valha-me Deus), ou da Minnie...mas depois, ao ver que era mesmo uma viola a sério, não vacilou. Agora toca a aprender!

A criança está numa excitação...e ainda lhe falta tanto para abrir as prendas

Este ano a família junta-se toda; a minha e a do Honey, e vamos ser imensos. Ainda estamos na dúvida se a Bébécas abre os presentes de casa hoje, depois da festa terminar, ou amanhã de manhã antes de ir passar o dia ao progenitor...o que eu sei, é que está tão baralhada com esta confusão que logo à noite quando aterrar na cama vai dormir que nem uma pedra. E eu, shame on me  só hoje de manhã é que consegui comprar a última prenda e das mais importantes...a da minha Mana má!...é feio, mas eu cada vez acho menos piada a isto, com a morte da minha avó o Natal deixou de significar grande coisa, e neste momento o que faço é mais pela minha filha, pela minha Mãe e pela minha irmã...do que pelo resto. Mas, como é sinal que cá continuamos, que venham mais uns quantos como este...já não é mau!

My Girl

Hoje é 2ª feira e eu na minha que é 3ª...estava aqui a refastelar-me para o meu episódio de Dowton Abbey e afinal é só amanhã :(

Joe Cocker & Jennifer Warnes - Up where we belong 1983

Até sempre Joe Cocker...

Para fazer pendant com a Mamã

O vestidinho Funky Project  que trouxe para a minha Bébécas:

E, exactamente uma semana depois

A saga continua...lá fui preparar o 2º frasco de antibiótico da minha pequena Bébécas :(

Mas que delícia...ficou um nectar dos deuses

E a capa!?

Que é irresistível...uma pessoa desgraça-se!

Coqueluche da Timberland para a Bébécas

Se há botas de que gosto desde que as vi pela primeira vez há uns bons anos atrás...são estas! A cor, o modelo, enfim, são o máximo. E como a prioridade das mães, são os filhos, um dia ainda me perco, mas estas comprei-as mesmo para ela!!! E a cara com que ela ficou quando as viu; enfim, impagável :)

Assessment Day

E depois de todos estes dias sem sair de casa, a Bébécas teve assessment na Escola de Inglês e lá foi ela. Deve ter-se apercebido da responsabilidade do momento ao perceber que a certos exercícios não conseguia responder...está na turma dos meninos de 6 anos e como é óbvio as aptidões de leitura e escrita estão ao nível dos 4 anos que tem, mais coisa menos coisa. Mas portou-se bem a miúda, sim senhora!

A minha filhota tem um cão...ai eu!

Não tenho nada a haver com o assunto e reitero que cães cá em casa...está fora de questão. Um cão precisa de espaço, ar livre, não gosto de cheiros a cão dentro de casa. Mas foi antes uma boa acção do Honey que decidiu oferecer à nossa pimpolha um afilhado de 4 patas :) Apesar de ser tão pequenina para perceber a verdadeira acepção do gesto, a ideia de ter um cão vai ser certamente muito bem recebida por ela.

O rescaldo da baixa médica

Decorridas as primeiras 48 horas de antibiótico, deste último episódio da minha filha, parece que a saúde está a começar a combater a doença. Há 24 horas que não há registo de febre, continua a beber imensa água, comeu a sopinha toda, esteve bem mais activa do que nos últimos dias...andou para aqui a desenhar, a pintar, a recortar...enfim, lá a consegui entreter mais um dia em que ficámos fechadas em casa. A minha gripe parece que também já lá vai, porque eu quero começar outra vez a contagem de "meses sem gripe". E com isto tudo, a vida não pára mesmo.
Mais uma noite em que não descansei, movida pela preocupação com a minha bebé. Lá foi para a minha cama, rebolou a noite toda, e toda a noite andei de volta dela a controlar a febre que anda teimosa, a dar-lhe bastante água...lá ia chorando, num queixume de fazer dó. De manhã a resolver coisas de trabalho e ela chorava, como que a testemunhar o estado de doença dela que me impede de ir ao escritório...foi preciso ser mãe para faltar ao trabalho por doença, mas preferia que a minha gripe me continuasse a massacrar e não ver a minha menina assim:(

Se eu fosse um pára-raios...

Mãe e filha hoje levaram uma dose de radiações ionizantes daquelas a sério...de uma das vezes ainda me vestiram a capa de chumbo, mas depois...sinceramente, aquilo pesa tanto como eu; eu também doente, já não quis saber...atirem lá com os raios e seja o que Deus quiser. Com esta brincadeira foram 0.064 6ycm2 de radiações; não se morre da doença, morre-se da cura :(...ou, a bem dizer, do diagnóstico!

Ora bem

O que é que eu já consegui comer hoje!? Meia torrada, vá lá. E consegui tomar banho há 5 minutos atrás. Os medicamentos olham para mim, mas só de os encarar o meu estômago põe-se às voltas....a criança de máscara de vapores...o cenário está formidável.

Festa de Natal do colégio...done!

....o "canastrão" do Pai Natal com idade para ser quase meu neto, mas a minha filha estava toda contente e por isso tudo vale a pena. No fim, acercou-se dele e disse-lhe:  - "Sabes, a tua bába (barba) é fôfa!" E ainda perguntou:  - "Depois vais lá a minha casa levále o résto das pendas, não vais!?"
Passei uma noite péssima, apenas tive força para ir ao escritório já a manhã estava no fim...e hoje é dia de cumprir com uma obrigação minha para com a minha filha. Necessito urgentemente de injecções de saúde e bom aspecto...a minha menina merece!

From CK

O miminho do Honey.......e eu gostei tanto!!!!!!

E de 1977 a 2014 vão....

37 aninhos...que já cá cantam.

A minha filha tem de facto um cabelo maravilhoso

Mas tratar dele dá um trabalhão...

KO

Depois de uma noite difícil com a minha filha cheia de tosse, febre e falta de ar...estou aqui que nem posso. Andámos a rolar as camas todas de casa, acabámos no sofá com ela em cima de mim; e máquina de vapores, e termómetro e tudo e mais alguma coisa. Estou derreada...valha-nos estes 2 dias sem sair de casa para ver se a situação melhora.

E a minha filha fez jus à inteligência e sabedoria que tem uma criança

E ao ver a peça O Principezinho, percebeu em mim, o que é que ainda nunca ninguém tinha percebido. Eu acho as cobras um animal extraordinário; como é óbvio, não me ponho no meio delas e infundem-me um certo respeito, mas são um animal interessantíssimo. E na obra de Saint-Exupéry a serpente tem um papel fundamental e dada toda a sua complexidade, acaba por ser o mais franco de todos os personagens que com ele se cruzam. Diz a verdade, diz ao que vai...e vai quem quer. E a minha filha diz-me assim:  - Mamã, já sei porque é que tu gostas de cóbas; ela dixe ao pinxipeginho que lhe modia se ele quisesse! E a verdade é essa, as cobras não enganam ninguém, já se sabe que se pode esperar tudo delas; o mesmo não se pode de outras criaturas. Pelo sim pelo não avisei-a que não deve andar por aí a fazer festas nas cobras que vir pelo caminho...nunca se sabe.

E hoje lá fomos a uma sessão especial d'O Principezinho

Adorou ela e adorámos nós...é de facto uma lição e a peça vale mesmo a pena.

Que fofura :)

Álbuns e álbuns de fotografias

E eu deliciada a matar saudades dela com este tamanho...

"A minha mamã faz um chá e tu ficas logo bom da gaganta!"

A inocência tem destas coisas. Tenho um vizinho que acha um piadão à minha Bébécas e não há dia que a veja, que não se meta com ela. Ela lá se arma em importante, mas sempre que vê o vizinho, lá sabe que é para a brincadeira e faz o seu charme. Há uns dias estranhei o senhor ter passado por nós e não se ter metido com ela, mas as pessoas por vezes têm dias menos bons, ou vão a pensar noutra coisa...enfim, sucede-me tanta vez; embora ela tenha acusado o toque, lá lhe expliquei que decerto o vizinho não a tinha visto. Ontem, estávamos a preparar-nos para entrar no prédio, lá vem o vizinho e instintivamente os meus olhos foram parar ao motivo para "não meter conversa" - uma traqueotomia :( Lá tentei comunicar com ele, ainda está na fase em que tem que aprender a emitir sons com aquele apetrecho, e não consegue...gestualmente lá me explicou que o tabaco em excesso lhe originaram um cancro, e teve que fazer aquela intervenção em consequência da doença. A minha filha mu

Por outro lado

A minha criança está a caminhar rapidamente para uma valente gripe ou coisa pior. O narizito já anda meio atrevido há uns bons dias e andava a colmatar a coisa com soro; hoje começou com tosse, cada vez mais intensa...as maleitas destas estações do ano, mais frias, húmidas :(

3 Meses

Foram 3 meses inéditos na minha vida e a minha mãe tão bem o sabe; tenho andado de lencito de papel em punho, com os espirros do costume mas tudo derivado das minhas alergias...porque a gripe deixou-me por 3 brilhantes meses em paz. Deus no Céu e os belos dos lisados polibacterianos na terra; bendita a hora que a minha querida médica e amiga me disse para tomar isto. Confesso que com a loucura que foram estes três meses, em que tudo aconteceu, em que tantas decisões tive que tomar, 3 gripes tinham sido fatais...mas lá me safei. Não espero que esta acalmia dure para sempre, nem muito mais tempo, ou não fosse eu a rainha do sistema imunológico deficitário, mas que estes meses que já passaram foram um sossego, isso já ninguém me tira.

Lá vou eu ferir susceptibilidades...e atacar o Pai Natal!

Mas continuo na minha de que o Pai Natal é um "canastrão". O Pai Natal da Coca-Cola era um fofinho, a imagem do Sr. de barbas com a fábrica de brinquedos é enternecedora, ir levar os presentes aos nossos meninos e colocá-los no sapatinho que ficou previamente junto à lareira...ok, é tudo muito giro. Mas nós é que compramos os presentes e o Sr. em causa é quem fica com os louros. Lá em casa sou muito clara - não posso fugir à magia do Pai Natal, embora entre-dentes o continue a achar meio canastrão, mas o dito não dá os presentes aos meninos, não cultivo essa mentira, de todo. Já vi a desilusão espelhada nos rostos de muitas crianças amigas quanto percebem que tudo não passa de um embuste e confesso que acho completamente desnecessário. Não vou ao cúmulo de dizer que o Sr. não existe, até porque ele existe, mas com as suas nuances, agora que não é ele o grande mentor do Natal lá em casa, isso não é certamente. É mais uma figura fofinha que tem um presentinho

Aí estão "elas"

Começam as lojas habituais a aliciar-me com mega-descontões por ser o mês do meu aniversário. Oh meus senhores; já cheguei àquele estado de espírito em que não é necessário cumprir mais um ano de vida para fazer uma compra, haja é cash para o poder fazer; e se fosse a responder a todas as solicitações, só mesmo com um chorudo jackpot do euromilhões é que fazia o gosto ao dedo a todas! Já estou como a Floribela , pobre em ouro, mas espero que com alguma riqueza de espírito.