Avançar para o conteúdo principal
A "Naínhas" desapareceu, a mãe deixou de ser mestiça e virou branca como a cal da parede, a cria com cara de parva e boca à banda, fazer o percurso ao contrário, olhar para o chão que nem uma tonta, voltar atrás e à frente e para o lado, remexer pela segunda vez a casa e lá estava ela enrodilhada no edredon.

Pela segunda vez em pouco tempo é demais para o meu coração.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já começo a sentir o cheiro a férias...

Embora esteja a braços com uma bela gripe de Verão; antes agora, do que daqui a uns dias.

E ela a dar-lhe

"Mãe, aquilo é uma cobra cabelo"....e eu comecei a imaginar como seria cómico se existisse uma cobra cabeluda!

Quando me levam a miúda e só para me chatear partilham a prova do crime

 A vingança serve-se em bom. Aguardem-me, pestes!