Avançar para o conteúdo principal

E quem é que não precisa de colo!?

Tenha um ser humano 1 mês de vida, 8 anos, 40 ou mesmo 90, o mimo faz parte do que necessitamos; quanto mais novos em maior quantidade, à medida que a idade vai avançando, apostamos noutras formas.

Encostar a cabeça num ombro, festinhas na cabeça e afins.

Confesso que estes dias em que a minha filha esteve ausente, foram complicados. se nos primeiros até lidei razoavelmente com o facto, quando a comecei a sentir no pico das saudades com choros a mistura, começou a apoderar-se de mim uma angústia angustiante, passe a redundância.

E sim, senti-me sozinha, faltou-me algum colo, mimos, etc. Mimos da minha filha, claro, mas mimos para mim, precisei, tive alguns, é certo, mas quando a carência é muita, precisamos sempre de mais.

E para que é que me deu, além de outras coisas inconfessáveis!? Shopping therapy, mas apenas para ela. Era ela a principal razão do meu desconforto, foi para ela que canalizei os ímpetos consumistas.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já começo a sentir o cheiro a férias...

Embora esteja a braços com uma bela gripe de Verão; antes agora, do que daqui a uns dias.

E ela a dar-lhe

"Mãe, aquilo é uma cobra cabelo"....e eu comecei a imaginar como seria cómico se existisse uma cobra cabeluda!

Quando me levam a miúda e só para me chatear partilham a prova do crime

 A vingança serve-se em bom. Aguardem-me, pestes!