Avançar para o conteúdo principal

A Lei de Murphy à saída de casa

A minha filha nasceu para me dar cabo da paciência, enervar-me, e faz-me desejar, volvidos estes 9 anos que ainda pudesse devolvê-la à procedência, mas o tempo de garantia já expirou.

É a rainha dos calores, desde que nasceu. Com dias de vida destapava-se, gosta de tomar banho de água quase fria, o leite dos cereais frio...é uma rapariga dos trópicos, literalmente.

Como qualquer jovem, é uma guerra para sair de casa com um casaco quente quando tal é necessário, conseguir que feche o casaco é uma odisseia, gorros, cachecóis, luvas!? - tá quieta óh mosca!

Pois que quando me vê sair de casa de gorro na cabeça e luvas nas mãos faz este tipo de cena ridicula:

"Buáááááááááááááá, eu quero um gorro igual ao teu. E tu tens luvas, eu também quero!"

Juro que não percebo esta gente!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já começo a sentir o cheiro a férias...

Embora esteja a braços com uma bela gripe de Verão; antes agora, do que daqui a uns dias.

E ela a dar-lhe

"Mãe, aquilo é uma cobra cabelo"....e eu comecei a imaginar como seria cómico se existisse uma cobra cabeluda!

Quando me levam a miúda e só para me chatear partilham a prova do crime

 A vingança serve-se em bom. Aguardem-me, pestes!