Avançar para o conteúdo principal
...então e a minha filha que agora dia sim, dia sim, não quer tomar banho!?

Quer dizer, há coisas em que não há negociação possível e o banho é uma dessas tarefas; não gosto de badalhoquices, gosto do cheirinho a limpo (limpa neste caso), cabelo tratado e aquela pele macia que a linha da Uriage sempre lhe deixa desde que nasceu. Unhas limadas ou cortadas se for caso disso, ouvidos limpos, enfim, o ritual de qualquer pessoa asseada que se preze.

Mas a minha filha parece estar a querer dar numa de "Cascão da Serra de Sintra", não acho normal!...foi difícil, até mais do que nos outros dias, mas teve que ser, banheira com ela.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já começo a sentir o cheiro a férias...

Embora esteja a braços com uma bela gripe de Verão; antes agora, do que daqui a uns dias.

Portugal, aquele tal Estado laico que nos enfia pelos olhos e pela alma dentro os desígnios da suposta fé Católica

 Eu aprecio o Papa Francisco e respeito quem tem fé, quem acredita. Deus pode ser adorado de várias formas, mas o fausto e a sumptuosidade da Igreja Católica não são de todo o que vem nas Escrituras. E defendo que cada vez mais deveriam eclodir os valores da humildade e do amor ao próximo e sobretudo canalizar a riqueza para onde ela é mais necessária. Sejam verbas da Igreja, dos fiéis ou do Estado, e nesse Estado também entro eu, acho vergonhoso o aparato que tem uma jornada destas. A sua essência é um bluff.  Sejam jovens, adultos, ou idosos, a clara maioria dos envolvidos nesta epopeia não vale nada, não faz nada para que a sociedade em que vivemos seja melhor. Porque pouco faz no seu “quintal”, para com as pessoas com que se cruza, para com o vizinho do rés do chão, para com a/o namorada/o que dizia amar como jamais amou alguém e no dia seguinte, o melhor que tem para dar é…ghosting; para com os avós, os tios, os pais…ou um desconhecido que precisa desmesuradamente de ajuda. As cri