Avançar para o conteúdo principal

E terminei na urgência

 

Não me lembro de para mim alguma vez me ter sido atribuída uma pulseira laranja na triagem de Manchester. Hoje foi o dia. Eu que me gabava de não ter efeitos adversos chatos a registar…afinal lixei-me. 

Nada de pânicos. Apenas tomei a liberdade de ligar para a Saúde24 por ter o braço dormente e uma dor que alastrou ao pescoço. A verdade é que o braço está muito negro mas não fiquei alarmada. Ao me atribuírem a pulseira laranja já fiquei mais em sentido.

Passei lá umas boas horas, fizeram uma série de despistes neurológicos, radiografias ao pescoço, ainda se pensou numa TAC, mas ao que parece o problema não é a vacina mas a forma como me foi administrada. Apanhou o nervo e o nervo inflamou e gerou todos os outros efeitos em catadupa. A verdade é que numa Urgência num hospital de que não gosto, fui extremamente bem atendida e senti que fizeram de tudo para perceber o que se passava por um lado, e por outro, aliviaram-me as dores.

Tive azar, faço parte da ínfima percentagem da população que sofreu reacções adversas, no meu caso acredita-se que não ao fármaco, mas antes à forma como a administração foi efectuada. Acontece. As dores continuam mas espero que com as “drogas” que tenho para tomar e o passar do tempo, fique melhor rapidamente. 

Pela vacina e pelo que ela significa, quando isto tudo passar sei que vou pensar que faria tudo outra vez. Disto não morro e não contamino ninguém pelo menos.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Já começo a sentir o cheiro a férias...

Embora esteja a braços com uma bela gripe de Verão; antes agora, do que daqui a uns dias.

E ela a dar-lhe

"Mãe, aquilo é uma cobra cabelo"....e eu comecei a imaginar como seria cómico se existisse uma cobra cabeluda!

Quando me levam a miúda e só para me chatear partilham a prova do crime

 A vingança serve-se em bom. Aguardem-me, pestes!